Robô de investimento analisa, sugere e faz aplicações mais seguras




Os robôs de investimento são sistemas que, com base nas informações do investidor, escolhem os melhores investimentos para os interessados. Eles efetuam a compra e a venda de ativos, fazendo assim um rebalanceamento constante da carteira. Essas operações, entretanto, vão ocorrer com mais ou menos frequência, dependendo do tipo de robô que se pretende escolher. Entretanto, antes de procurar um robô, é preciso conhecer os tipos que existem.


Desse modo, o investidor terá um grande auxílio através de softwares e plataformas que lhe dirão como proceder.


Quem já imaginou não precisar ter o trabalho de pesquisar, analisar e escolher investir numa determinada ação ou fundo de investimento?


Neste ponto, surgem questões, como: "como isso funciona?" e "será que isso é seguro?".


Dependendo do tipo de robô escolhido, portanto, as operações podem mais ou menos frequentes.


"Qual o valor?" é outra pergunta que pode surgir.


Assim, não adianta ver que uma ação subiu e querer mudar a realocação do seu investimento.



O que é um robô de Trading e como funciona?


Os robôs de trading (negociação) estão atualmente no auge do sucesso nas redes sociais, no forex, nas ações e nas opções binárias. O robô trading é um programa de computador que é dedicado à prática de negociação. Ele que dá ordens automaticamente, baseando-se nos sinais de tendências emitidos pelo mercado. Portanto, esta é uma ferramenta de negociação que se baseia no estudo técnico das estatísticas disponíveis para as partes interessadas na bolsa de valores. Este robô funciona de forma contínua, 24 horas por dia, e faz investimentos no lugar do trader (negociador), que não é obrigado a seguir continuamente o curso de seus ativos.


Primeiramente é importante explicar o que são os robôs de investimentos e como eles funcionam. Assim sendo, eles servem para automatizar o processo de investimento, ou seja, são plataformas automáticas para isso.


Desse modo, o investidor terá um grande auxílio através de softwares e plataformas que lhe dirão como proceder.

Portanto, eles servem para facilitar o processo manual que o investidor teria de fazer sem o auxílio dele.


O robô de investimentos não é uma figura cibernética saída de um filme de ficção científica. É um sistema automatizado de consultoria e gestão de recursos. Dotado de inteligência artificial, ele analisa as necessidades do cliente e monta uma carteira de investimentos.

Aprovado o cadastro, o investidor transfere os recursos para a conta indicada, e o robô cuida do resto, fazendo automaticamente os investimentos com os quais o usuário concordou.


Depois que o dinheiro é transferido, é o robô que faz a aplicação e eventuais alterações nos investimentos ao longo do tempo para adequá-los ao objetivo estipulado.

Muitas pessoas no Brasil não investem por falta de conhecimento e tempo. Acabam deixando sempre para depois e deixam de ter uma rentabilidade de seu patrimônio que poderia estar investido e rendendo juros. Porém, há algum tempo os robôs de investimento (ou robôs advisors) surgiram para dar uma mãozinha nesse processo.





Os Robôs de investimento


Os robôs de investimento consistem num algoritmo que é executado por meio de uma plataforma, capaz de realizar investimentos automaticamente. Então traduzindo: esses sistemas escolhem o melhor tipo de investimento para você com base nas informações do investidor.

Aí, todo o processo de investimento é feito de forma automática. São os próprios robôs que fazem a compra e a venda de ativos, para assim resultar num rebalanceamento constante da sua carteira.










Autor: Reynner Mendes, Brasília

30/08/2020 - 19h45